“Mais PCP: Organizar e Intervir” foi sob este lema que se realizou, no passado sábado 13 de abril no Auditório da Junta de Freguesia de Pevidém, a XV Assembleia da Organização Concelhia de Guimarães do PCP.

Com a participação de cerca de 80 delegados a Organização concelhia de Guimarães debateu o estado da Organização, mas principalmente definiu o conjunto central de orientações para a organização no sentido do reforço do Partido no concelho de Guimarães.

Assumindo grande centralidade a prossecução da campanha dos 5000 contactos no concelho, identificando novos contactos e concretizando os já identificados, foi ainda valorizado o que já foi possível concretizar “Em Guimarães foi possível recrutar 10 novos camaradas, permitindo a presença e intervenção do Partido em empresas e locais de trabalho onde não tínhamos contactos. O avanço da campanha é essencial para o reforço do Partido e é de valorizar o objetivo definido na Assembleia de 25 novos recrutamentos este ano” afirmou Gonçalo Oliveira, da Comissão Política do PCP na intervenção de encerramento da Assembleia.

A proximidade da realização das eleições para o Parlamento Europeu e para a Assembleia da República, sendo tema abordado, desde logo os aspetos de preparação dos atos eleitorais, campanha e processo eleitoral, não foram o tema central do debate, tal como referiu Rosa Guimarães candidata ao Parlamento Europeu “O reforço da CDU, mais votos e mais mandatos, é condição essencial para conseguirmos mais avanços, nos rendimentos, na defesa da soberania e nos direitos, e as medidas que hoje aqui estamos a debater e iremos aprovar de reforço do Partido no concelho de Guimarães, são um passo essencial para também crescermos eleitoralmente. Só com mais Partido em Guimarães, com mais ligações às empresas, aos sectores e camadas da população, com mais intervenção e propostas, poderemos recuperar posições.”

Das medidas aprovadas na XV Assembleia realçamos a realização no dia 18 de Abril de um Plenário para os militantes reformados e pensionistas, a realização de um debate ainda este semestre sobre a Regionalização, a constituição do Grupo de Trabalho para as empresas e locais de trabalho, a dinamização de uma campanha de fundos para a recuperação do CT, o aumento da venda regular da imprensa do Partido, a realização no 1ª semestre de 2020 do II Encontro Autárquico do mandato, e a criação da Comissão de Zona de Pevidém do PCP, organismo que abrangerá as freguesias de Selho S. Jorge, Gondar, Selho S. Cristovão, Candoso S. Martinho e Silvares.

A proposta de Comissão Concelhia foi aprovada por unanimidade, contemplando a entrada de 6 camaradas, mantendo uma forte identidade de classe, aliando a experiência do trabalho do Partido ao rejuvenescimento. “Esta proposta aumenta a participação de mulheres, baixa a idade média e permite novas ligações e frentes de trabalho. Mas é a todo o coletivo, a toda a organização concelhia e não apenas aos membros da Comissão Concelhia, que compete a concretização das medidas aprovadas na Resolução Política. E é já tarefa imediata de todo o coletivo não apenas as eleições para o Parlamento Europeu, mas a organização e participação nas comemorações do 25 de Abril e 1º de Maio, com destaque para as manifestações, mas também para o jantar comemorativo concelhio que vamos realizar a 27 de Abril”.

Documentos Aprovados